quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Estrela cadente...

(ou o primeiro devaneio após longa ausência)
Começo e uso com frequência e expressão "Tudo tem uma razão de ser" e aquela do "Tudo o que vai volta" também faz parte do meu dicionário. São expressões verdadeiras? Talvez sim...
Há uns tempos atrás, pensava que queria ser uma coisa. Depois mudei, ou melhor, a vida mudou-me e fez-me querer algo totalmente diferente, mas mesmo assim o meu antigo desejo continuava cá dentro. Reprimi-o, ignorei-o e segui um caminho totalmente diferente.
Aconteceu aquilo que eu não esperava: numa etapa fundamental da vida fui rasteirada pelo destino. A minha vida dá uma volta de 360 graus e o meu antigo desejo volta a expressar-se novamente. Fala tão alto que já não suporto a sua voz... Rendo-me. Entrego-me totalmente e volto à minha antiga, verdadeira e única paixão.
Quando conto esta aventura da minha vida a resposta que obtenho é "Não me surpreende a tua atitude. Sabes que o que tem de ser tem muita força. Já alguém disse antes que um dia ias seguir ao teu desejo."
Comparo esta fase da vida a uma estrela cadente. Brilha e um dia, sem que ninguém espere, cai deixando no ar um leve traço do que foi. O que irá ser só o destino o dirá...

2 comentários:

GiGi disse...

Esta mensagem é tão verdadeira quanto bela :-)

Beijos!

GiGi disse...

Ooobaaa! Mais selinhos! Que fofa!

Muito obrigada, Fadinha!

Beijinhos!