sexta-feira, 21 de maio de 2010

Para ti...

As coisas vulgares que há na vida
Não deixam saudades
Só as lembranças que doem
Ou fazem sorrir

Há gente que fica na história
da história da gente
e outras de quem nem o nome
lembramos ouvir

São emoções que dão vida
à saudade que trago
Aquelas que tive contigo
e acabei por perder

Há dias que marcam a alma
e a vida da gente
e aquele em que tu me deixaste
não posso esquecer

[Chuva - Mariza]

2 comentários:

Otário disse...

adoro esse som,
a mariza até me causa arrepios...

Fadinha da Sombra disse...

Já somos dois com a mesma opinião!! :)

Beijitos!